Banco de Dados - MySQLFeed de artigos deste autor

Usando o MySql Administrator

Muitas pessoas possuem grande dificuldade em trabalhar com o MySql via terminal, e muitas destas pessoas mesmo que saibam utilizá-lo desta forma possui o fator tempo que muitas vezes não fica a favor. Por este motivo o MySql nos disponibiliza uma serie de ferramentas para tornar nosso trabalho mais produtivo e menos cansativo.

por Jonas Chaves



Muitas pessoas possuem grande dificuldade em trabalhar com o MySql via terminal, e muitas destas pessoas mesmo que saibam utilizá-lo desta forma possui o fator tempo que muitas vezes não fica a favor. Por este motivo o MySql nos disponibiliza uma serie de ferramentas para tornar nosso trabalho mais produtivo e menos cansativo.

O MySQL Administrator é um programa para executar operações administrativas, como configuração, monitoramento e inicio e parada de um servidor MySQL, gerenciamento de usuários e conexões, executar backups, e um grande número de outras tarefas administrativas.

A maioria das tarefas podem ser executadas utilizando-se um cliente de linha de comando como mysqladmin, Administrando um Servidor MySql, ou mysql, mas o MySQL Administrator tem as seguintes vantagens:

    Nesse tutorial estaremos aprendendo a utilizar a ferramenta  MySql Administrator, ou em outras palavras nosso terminal gráfico do MySql.

    Para criar um BD usando o MySql abra o MySql Administrator em seguida com os dados de acesso

      Table Name: Campo onde adicionamos o nome de nossa tabela. Como padrão muitos desenvolvedores utilizam antes do nome da tabela a abreviação tbl_ Ex: tbl_Cliente, tbl_Empresa

      Database: Indica em qual schema será criada nossa tabela.

      Comment: Comentário a ser adicionado sobre nossa tabela.

      Columns and Índices: Ao clicarmos duas vezes em Column Name iremos adicionar o nome do campo que fará parte de nossa tabela seguido do Datatype.

      O MySql trabalha com vários tipos de Datatype: varchar(), char, blob, integer etc.

      Note que os campos CodCliente e Cliente estão sendo usado como notnull, isto porque são campos que não podemos ter vazios em qualquer banco de dados, ao contrario do telefone e CEP, visto que podemos encontrar uma pessoa que não saiba o seu CEP e que não tenha telefone.

      Observe também que o campo CodCliente possui a coluna autoinc marcada, isto acontece porque a cada cliente adicionado o mesmo recebera um numero de identificação único e intransferível.

      Após criarmos nossa tabela basta clicarmos em Apply Changes e em seguida Close.

      Bibliografia:

      http://dev.mysql.com/

Jonas Chaves

Jonas Chaves - Formado como técnico em Visual Basic e bacharel em sistemas de informação.
Atua na área de Acessória e Desenvolvimento de software para empresas de diferentes setores, alem de ministrar aulas de Visual Basic 6, ASP, Visual Basic.net 2008 e Segurança em Redes.
Jonas Chaves trabalha atualmente nas linguagens: ASP, Visual Basic 6 e Visual Basic.net 2008.